Antes de realizar qualquer serviço de análise ou vistoria, é necessária a conferência de todos os documentos envolvidos para que o serviço ocorra mais rápido devido a ausência de pendências administrativas.

Para maiores informações, acesse a nossa seção de downloads (acesse aqui).

Processo Simplificado!

O CBMSE mudou para melhor o procedimento de regularização para empresas que desenvolvem atividades de baixo risco. Agora está mais simples, mais rápido e com menores custos
Para os processos de baixo risco a taxa de regularização baixou de dez (10) UFPs para duas (02) UFPs ( Uma diminuição do valor de 80% e que atingirá mais de 80% do total das empresas em Sergipe)
As dúvidas de instalação de extintores, luminárias de emergência, placas de sinalização e sobre os documentos necessários para regularização (notas fiscais de extintores, laudos sobre instalação de Gás, comprovante de área ou outros documentos podem ser tiradas através de consulta a IT 42/2018 do CBMSE)
A IT 42 /2018 reúne as principais orientações, de maneira didática e simplificada, das exigências que anteriormente apareciam em outras normas de forma mais detalhada e que dificultava a consulta por parte dos leigos. Se após a consulta da IT 42/ 2018 ainda restarem dúvidas sobre a instalação, o solicitante deve procurar as unidades do CBMSE para saná-las ou contratar empresas ou profissionais aptos a prestarem os serviços (Engenheiros, técnicos de segurança e outros profissionais que possam ser responsabilizados tecnicamente pelo serviço)

Para verificar se a sua edificação se encaixa na condição de baixo risco, basta seguir os seguintes passos:
  1. Abertura processo simplificado.
  2. Cadastrar dados Empresa/Edificação.
  3. Responder questionário.
  4. Aceitar termo de responsábilidade.
  5. Anexa exigências.
  6. Pagar taxa.
  7. Imprimir certificado.

Processo Completo

Esse procedimento se aplica a todas as empresas e solicitantes que não desenvolvam atividades consideradas de baixo risco conforme IT 42/2018 do CBMSE e corresponde a um público inferior a 20% ( confirmar no site o percentual de processos completos em relação todo) do total de processos no protocolados em Sergipe.

A regularização destes processos deve seguir os seguintes passos:
  1. Realizar o agendamento no site ( indicar portal ) para a entrega de documentação e os documentos devem ser apresentados de acordo com a classificação de edificação (OTN 01) e em casos de exigência de análise de projetos de incêndio (OTN 0TN 03) apresentar os projetos de acordo com as orientações do anexo I (antigo cheq liste do como se regularizar: manter o arquivo como )
  2. Para a realização de eventos temporários( Shows, eventos esportivos, dentre outros) devem observar as exigências da portaria 041/2013 . ATENÇAO: o agendamento previsto no ítem 01 deve ser feito para 30 dias antes do evento. Caso o solicitante entregue o processo fora do prazo previsto ele deverá ser notificado, pelo responsável pelo protocolo, de que o evento não está autorizado a funcionar e caso o solicitante não consiga sanar todas as pendências do processo que será avaliado, ele poderá sofrer as sanções previstas em lei caso realize o evento.
  3. Os processos de barracas de fogos devem atender aos critérios estabelecidos na IN 01/2016.